Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

Final Feliz...

Vamos conversar sobre isto
Não é como se estivéssemos mortos
Foi algo que eu fiz?
Foi algo que disseste?
Não me abandones
Nessa cidade, tão morta
Pendurada tão alto
Em uma linha tão frágil


Eras tudo que eu pensei que sabia
E eu pensei que poderíamos ser

Eras tudo, tudo que eu queria
Nós éramos predestinados, supostamente
Mas perdemos tudo isso
Todas as nossas lembranças, tão perto de mim, simplesmente desapareceram
Sempre estivestes fingindo o tempo todo
Foi muito pro meu final feliz


Tens amigos idiotas
Eu sei o que eles dizem
Eles dizem que eu sou difícil
Mas eles também são
Mas eles não me conhecem
Eles ao menos conhecem te?
Todas as coisas que escondestes de mim
Toda a merda que fizestes


Foi bom saber que estavas lá
Obrigada por agir como se não te importasses
E me fazer sentir como se eu fosse a única
Foi bom saber que nós tivemos tudo isso
Obrigada por assistir a minha queda
E por não me avisar que tínhamos terminado

Será um Final Feliz?



publicado por carlinhaescoval às 23:33
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Setembro de 2008

_Memórias_

 

 


publicado por carlinhaescoval às 01:04
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Ó Mar!

Ó Mar!

Venho depositar
As minhas mágoas
Nas tuas profundas águas.
 
Ó Mar!
Venho te contar
A minha história sem final
Onde te vou pedir algo formal.
 
Ó Mar!
Assim te invoco
Para me ajudares
Neste sufoco, Infernal.
 
Ó Mar!
Não quero chorar
Mas como o posso amar?
 
Ó Mar!
Diz-me o que é o amor.
Diz-me o que é o rancor.
 
Ó Mar!
Eu sei que não o consigo esquecer,
Que aqui vai permanecer.
 
Ó Mar!
Vou pedir aos Deuses
Que me façam subir aos céus,
Para me esconder.
 
Ó Mar!
Guarda a minha história,
Não contes a ninguém…
A minha escapatória.
 
Ó Mar!
Quando chegar
O meu segredo te vou contar.
 

publicado por carlinhaescoval às 20:11
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Junho de 2008

Alcochete a Correr

 

Pessoal do 10º ano do CTD da Escola Secundária de Alcochete estão de PARABÉNS pelo trabalho que tiveram no Alcochete a Correr. Vocês são um MÁXIMO. Beijinhos a todos vocês.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foi um dia para não esquecer.

 


publicado por carlinhaescoval às 23:48
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 31 de Maio de 2008

Para quê falar?

 

 

 
Para quê falar?
Se não me queres ouvir
Fugir agora não vai resolver nada...
 
Mas não vou chorar
Se quiseres ir embora
Às vezes a distância ajuda
E essa tempestade
Um dia vai acabar...
 
Só te quero lembrar
Quando nós
Andávamos nas estrelas
Nas horas mais lindas
Que passamos juntos...
 
Nós só queríamos amar e amar
E hoje eu tenho a certeza
Que a nossa história não…
Terminou agora
Pois essa tempestade
Um dia vai acabar...
 
Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela
E vê: Eu sou o Sol...
Eu sou céu e mar
Eu sou tua e fim
E o meu amor é infinito...
 
Só te quero lembrar
Que a nossa história
Ainda não acabou
 
Quando andávamos nas estrelas
Nas horas mais lindas
Que passamos juntos...
Pois essa tempestade
Um dia vai ter que acabar
 
Um dia vai acabar...

publicado por carlinhaescoval às 23:12
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Abril de 2008

Quando me lembro de ti.

Quando lembro da tua imagem,
É como se na minha frente encontrasse um anjo.
Quando lembro do teu beijo,
É como se acabasse de ver o paraíso.
Fico aqui deitada,
Com um livro de amor em minhas mãos.
E todos nós sabemos que as histórias de amor
Sempre acabam com um final feliz.
Quando lembro da nossa história
Parece-me ser a mais linda, a mais perfeita.
Eu amo-te,
E quando me lembro de ti,
É como se eu me cobrisse de fantasia e sonhasse a todo instante.
É tão bom ter te em meus sonhos,
E o melhor de tudo:
É maravilhoso ter te em minha vida.


publicado por carlinhaescoval às 14:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Os meus mais belos mistérios.

É nos momentos mais desagradáveis

Que ouves os meus desabafos.

Onde me dás conselhos agradáveis

Sobre os meus segredos inconsolados.

 

És aquele onde deposito as minhas mágoas

Enquanto apanhas as minhas lágrimas

Nas tuas ondas silenciosas, onde o teu ondular é incrível

És e sempre serás o meu amigo disponível.

 

És tu que escondes os meus mais belos mistérios.

Na tua enorme profundeza

Onde naveguei nos teus lindos Impérios

Onde o meu corpo se entregou

E tornei-me na desejada em inveja.

 

Na tua Natureza eu esperei

Enquanto as invejas derramei

Onde o teu oceano por eles esperou.

 

A inveja sempre dizia…

Ela é o desejo do ódio

Não gosto do ódio

Mas sim da amizade

Tenho quem goste de mim

E até quem me abrace.


publicado por carlinhaescoval às 01:21
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Sobre Vida e Amor

 

O Amor não encherga a beleza, e nem a riqueza.

Apenas a pureza e a simplicidade.

Não escolhe tempo e nem espaço para surgir.

É algo espontâneo.

O qual nada consegue impedir que se transforme num sentimento inesplicável...

 


publicado por carlinhaescoval às 10:25
link do post | comentar | favorito
|

Grandes Significados

Solidão é uma ilha com saudade do barco.

Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo...


publicado por carlinhaescoval às 10:18
link do post | comentar | favorito
|

Um momento...

A vida, corrida como ela é, faz dos momentos que deveriam ser inesqueciveis, apenas pequenos detalhes na nossa vida.


publicado por carlinhaescoval às 10:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Final Feliz...

. _Memórias_

. Ó Mar!

. Alcochete a Correr

. Para quê falar?

. Quando me lembro de ti.

. Os meus mais belos mistér...

. Sobre Vida e Amor

. Grandes Significados

. Um momento...

.arquivos

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds